Eunício Oliveira anuncia mudanças nos veículos de comunicação do Senado

Da Redação | 08/08/2017, 19h22 - ATUALIZADO EM 10/08/2017, 09h50

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, anunciou em Plenário nesta terça-feira (8), o início da transmissão da nova programação da TV Senado e o lançamento da nova RadioAgência, da Rádio Senado. As mudanças introduzidas visam ao aperfeiçoamento dos veículos de comunicação.

A nova grade da TV privilegia a participação de parlamentares para que todos senadores possam apresentar seus pontos de vista e debater seus projetos. O objetivo é permitir que o público tenha à disposição o conteúdo de toda a atividade legislativa, direto da fonte.

Com a nova programação, informou Eunício Oliveira, a TV Senado passa a ter pelo menos quatro horas de jornalismo diário, pela manhã e à noite, logo após as sessões plenárias, detalhando tudo que acontece no Senado. Para isso foram idealizados novos programas e modernizado o estúdio de entrevistas, sem qualquer custo adicional.

Eunício explicou que além de usar materiais reciclados na construção do estúdio, a Secom contou com a criatividade das equipes que compõem o Sistema de Comunicação dessa Casa.

O presidente do Senado observou que as mudanças ficarão mais claras a partir desta semana e lembrou que, ao assumir a Presidência do Senado, comprometeu-se em presidir a Casa democraticamente, com todos os senadores, independentemente de partido.

— Conversando com várias senadoras, com vários senadores, entendi que era preciso continuar o aperfeiçoamento dos diversos veículos de comunicação do Senado. Algumas dessas mudanças na Secretaria de Comunicação ficarão mais claras, a partir de agora para que esta Casa possa se apresentar à sociedade brasileira, sem exceções ou sem preferências — afirmou.

A diretora da Secom, Angela Brandão, ressaltou a importância da mudança não apenas para o Senado, mas para todos os cidadãos.

— Para que a sociedade possa acompanhar de perto o trabalho de todos os senadores e de todas as senadoras. Essa foi uma orientação do presidente do Senado, Eunício Oliveira, e que nós abraçamos com muita alegria. Agora são quatro horas no mínimo de jornalismo diário, de segunda a sexta-feira, na TV Senado, pra explicar para sociedade da forma mais didática, mais atraente, mais interessante possível, tudo que acontece aqui no Senado e que de alguma forma repercute diretamente na vida de cada cidadão, cada cidadã — explicou.

Novos programas

Entre as novidades, já estão no ar dois novos programas da TV Senado. O Salão Nobre, exibido às 20h de quinta-feira, tem 30 minutos de duração e discute temas de relevância nacional com líderes partidários, presidentes das comissões, autores e relatores dos projetos. E no Assunto de Estado, na segunda-feira, às 20h, também com 30 minutos, os senadores são entrevistados sobre questões da agenda de seus estados.

A TV Senado também estreia novo visual, novos cenários, novos horários, e mais tecnologia nos estúdios, com transmissão 100% digital, em formato wide screen 16:9, que assegura melhor imagem para os telespectadores.

RadioAgência

A nova RadioAgência Senado, que amplia o serviço que já era prestado pela Rádio Senado, estará no ar a partir da próxima semana e vai disponibilizar gratuitamente, pela internet, programas, entrevistas e notícias, inicialmente para mais de 2.500 emissoras de rádio em todo o Brasil. A expectativa, afirmou, Eunício Oliveira, é de que esse número aumente.

— Este número, eu tenho certeza, é um número que tende a crescer. Mas tudo isso só faz sentido na medida em que, realmente, contemple o trabalho de todos os senadores e de todas as senadoras.

Angela Brandão acrescenta que a nova RadioAgência permitirá a aproximação com as demais emissoras de rádio do país, dando mais transparência para o que acontece na Casa.

— A gente passa a ter um espaço exclusivo de relacionamento do Senado com emissoras de rádio do país inteiro. E agora tendo esse relacionamento exclusivo com elas, o potencial de uso do nosso material por essas rádios aumenta muito. E para nós isso é dar mais transparência ainda para o trabalho parlamentar.

Ferramentas

Os senadores elogiaram as mudanças anunciadas pelo presidente Eunício Oliveira. Para o senador Sérgio Petecão (PSD-AC) os veículos de comunicação do Senado são ferramentas importantes para os senadores apresentarem o trabalho que realizam.

O senador Wellington Fagundes (PR-MT) ressaltou que a Secom está dinamizando e democratizando a participação de todos os senadores. Ele contou que esta semana, em parceria com a TV Assembleia, da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, a TV Senado transmitiu o seminário sobre a BR-163, realizado pela Comissão Senado do Futuro e Comissão de Desenvolvimento Regional em Cuiabá, e destacou a importância da presença da emissora nos estados.

— É uma oportunidade também de que a comunicação aqui da Casa, indo aos estados, indo ao interior, também tenha oportunidade de mostrar a realidade de todo o Brasil — afirmou, após parabenizar toda a equipe da Secom.

Ao cumprimentar o presidente do Senado pelo anúncio, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) considerou as mudanças extremamente positivas, porque "democratizam a possibilidade de os parlamentares divulgarem seu trabalho em todo o país".

Para o senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), o trabalho “moderno, contemporâneo e progressista" reflete a atual direção da Secom do Senado Federal. Já o senador Lasier Martins (PSD-RS) ressaltou o entusiasmo que verifica na nova direção da secretaria.

— É uma nova era em que está entrando a TV Senado, que a cada dia alcança maior repercussão, maior audiência em todo o Brasil — afirmou Lasier Martins.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)