Ana Amélia lamenta desvio de R$ 123 bilhões por corrupção

Da Redação e Da Rádio Senado | 19/06/2017, 19h23

A senadora Ana Amélia (PP-RS) registrou em Plenário, nesta segunda-feira (19), levantamento do jornal O Estado de S. Paulo, com base na Lei de Acesso à Informação, sobre as operações da Polícia Federal de 2013 a 2017. Ana Amélia relatou que, nesses quatro anos, foram realizadas 2.056 ações na área do combate à corrupção, cujos prejuízos estão estimados em R$ 123 bilhões.

Segundo a senadora, o valor poderia ser usado na aquisição de 1.492.609 ambulâncias ou 2,46 milhões de casas populares, o que ajudaria a solucionar o déficit habitacional da população de baixa renda. O dinheiro também poderia ser usado na compra de 55.405.405.405 merendas escolares ou 2.399.250 viaturas policiais, exemplificou Ana Amélia.

Mas, segundo a parlamentar, os números revelam que o maior rombo nos cofres públicos brasileiros não foi apurado pela operação Lava Jato, mas pela operação Greenfield, que investiga fraudes nos fundos de pensão. Ana Amélia afirmou que os valores desviados já alcançam 53,8 bilhões e lamentou que trabalhadores das estatais serão obrigados a voltar a trabalhar, mesmo depois de aposentados, para manter seu padrão de vida.

— Esse realmente é uma questão gravíssima que precisamos analisar. E eu me surpreendo com o silêncio que aqui os chamados defensores dos trabalhadores fazem em relação a esse gravíssimo problema, a esse rombo que foi a administração, que usou os recursos dos fundos de pensão para aplicar em projetos de absoluto risco, de uma irresponsabilidade, porque o dinheiro é poupança do trabalhador — disse Ana Amélia.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)