Comissão de Infraestrutura debate investimentos do BNDES em saneamento

Da Redação | 12/05/2017, 17h21 - ATUALIZADO EM 12/05/2017, 17h34

Metade da população das 100 maiores cidades brasileiras não tem acesso a coleta de esgoto, segundo levantamento do Instituto Trata Brasil. Para debater os investimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em ações de saneamento básico, a Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) fará, na próxima segunda-feira (15), às 18h, uma audiência púbica interativa.

Autor do requerimento para a audiência, o senador Roberto Muniz (PP-BA) defendeu, como prioridade em infraestrutura, investimentos para a universalização do saneamento básico e acesso a água tratada. O segmento, disse o senador, interfere na saúde da população e nas atividades econômicas, como produção de alimentos, geração de energia e navegação.

Em recente pronunciamento, Muniz citou dados do Instituto Trata Brasil. Entre eles um estudo sobre a universalização do saneamento básico revelando que, a cada R$ 1 mil de investimento na expansão da infraestrutura de saneamento, a sociedade brasileira obtém R$ 1,7 mil de retorno social no longo prazo.

— Quando você chega com saneamento, você pode ampliar o IPTU, fazer novos investimentos na cidade, pode fazer a rua, o asfalto, a praça, melhorar a escola — complementou o senador.

Devem participar do debate representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); da Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto (Abcon), da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe); e do Instituto Trata Brasil.

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
www.senado.gov.br/ecidadania
Alô Senado (0800-612211)

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)