Eduardo Lopes ressalta melhorias na proposta de reforma da Previdência

Da Redação e Da Rádio Senado | 19/04/2017, 20h51 - ATUALIZADO EM 19/04/2017, 20h59

O senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) afirmou que o Congresso e o governo federal estão chegando, em conjunto, a um texto melhor para a reforma da Previdência. Ele listou as principais modificações feitas até agora na proposta original do governo que, segundo ele, ainda poderá ser aprimorada na Câmara e no Senado.

Eduardo Lopes deu ênfase à redução da idade mínima para a aposentadoria das mulheres, à mudança nas regras de transição e ao Benefício de Prestação Continuada, que continuará vinculado ao valor do salário mínimo.

O senador argumentou que a reforma é necessária devido ao aumento da expectativa de vida dos brasileiros e às necessidades de recuperação da economia do país.

- Estatísticas apontam que o Brasil hoje tem pouco mais de oito por cento da população com mais de 65 anos, aqueles potenciais recebedores de benefício. Em 2050, isso vai ficar próximo de 23 por cento, ou seja, vai quase que triplicar daqui a praticamente 32 anos ou 33 anos - explicou o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)