Antonio Anastasia elogia leilão de aeroportos

Da Redação e Da Rádio Senado | 20/03/2017, 19h29 - ATUALIZADO EM 20/03/2017, 19h47

Uma das causas da crise econômica enfrentada pelo país é a falta de infraestrutura e de logística para suporte das atividades econômicas. E esta ausência de rodovias, de aeroportos e de mobilidade urbana têm aumentado o chamado Custo Brasil, onerando a economia, disse em Plenário o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).

Para o senador, embora os investimentos em infraestrutura sejam urgentes, o erário público em todos os níveis de governo está exaurido. Por este motivo, Anastasia defende iniciativas como o recente leilão dos aeroportos de Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Porto Alegre.

Anastasia citou exemplo do aeroporto Tancredo Neves, em Confins, cujos investimentos pelo governo do estado possibilitaram a ampliação das rotas, unindo o centro do Brasil às regiões Norte e Sul e, até mesmo, a destinos internacionais.

— O aeroporto de Confins, reinaugurado ao final do ano passado, tornou-se um marco da modernidade, não só no conforto aos seus usuários, transformou–se num hub importante de companhias aéreas – citaria, em especial, a companhia Azul –, mas, mais do que isso, transforma-se, de fato, num instrumento fundamental para o desenvolvimento econômico de nosso estado e de nossa capital.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
11h30 Acordo internacional: vai à promulgação acordo entre o Brasil e a República do Peru que amplia os laços econômico-comerciais existentes entre os dois países. Texto foi assinado em Lima, em abril de 2016.
11h24 Acordo Brasil-Peru: senadores apreciam texto do acordo internacional de Ampliação Econômico-Comercial entre a República Federativa do Brasil e a República do Peru. Projeto ganhou urgência na tramitação na quarta-feira.
11h23 STF: Plenário faz segunda sessão de discussão em primeiro turno da PEC 35/2015, que modifica a forma de escolha dos Ministros do Supremo Tribunal Federal.
Ver todas ›