Capiberibe critica transferência da Secretaria da Pesca para o Ministério da Indústria

Da Redação | 15/03/2017, 20h17 - ATUALIZADO EM 16/03/2017, 10h56

Em discurso no plenário nesta quarta-feira (15), o senador João Capiberibe (PSB-AP) criticou o decreto do presidente da República, Michel Temer, que transferiu a Secretaria de Aquicultura e Pesca e o Conselho Nacional de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Na avaliação do senador, a transferência não vai beneficiar o setor da pesca, mas sim burocratizar processos. Ele disse repudiar a “decisão autoritária” de Temer.

Para Capiberibe, a mudança seria motivada pela necessidade de Temer garantir apoio político para votação de projetos polêmicos no Congresso nos próximos meses. O senador observou que o Ministério da Indústria é comandado pelo PRB.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
13h40 Abuso de autoridade: o presidente da CCJ, Edison Lobão, concedeu vista do projeto que atualiza a Lei de Abuso de Autoridade (PLS 280/2016) e 85/2017). Em seguida, encerrou a sessão e marcou a votação da matéria para quarta-feira (26).
11h25 Abuso de autoridade: o relatório de Requião sobre a atualização da Lei de Abuso de Autoridade pede a aprovação do PLS 85/2017, de Randolfe Rodrigues, na forma de substitutivo, e a declaração de prejudicialidade do PLS 280/2016, de Renan Calheiros.
Ver todas ›