Cancelada audiência pública com Tombini na CMO

Da Redação | 16/03/2016, 20h47 - ATUALIZADO EM 16/03/2016, 20h53

A presidente da Comissão Mista de Planos, Orçamentos e Fiscalização (CMO), senadora Rose de Freitas (PMDB-ES), informou na noite desta quarta-feira (16) que a audiência pública com a participação do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, foi cancelada.

A audiência pública estava prevista para ocorrer na quinta-feira (17), às 10h, na CMO, com participação também das Comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e do Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) do Senado e outras comissões permanentes da Câmara.

Ainda não há nova data agendada para a audiência pública conjunta.

Como disciplina a Lei de Responsabilidade Fiscal, o presidente do Banco Central deve comparecer à CMO para apresentar sua avaliação do cumprimento dos objetivos e metas das políticas monetária, creditícia e cambial, evidenciando o impacto e o custo fiscal de suas operações e os resultados demonstrados nos balanços semestrais do Banco Central.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
13h18 Presidência: : Antes de encerrar a coletiva, Renan Calheiros admitiu que alguns projetos são controversos, mas ajudarão a tirar o país da crise.
12h57 Presidência: : Renan Calheiros avaliou que a lei da delação premiada precisa ser aprimorada, mas garantiu que não vai propor mudanças enquanto for presidente do Senado.
12h55 Presidência: : Renan falou ainda que: "Ninguém vai interferir no curso da Operação Lava Jato. Esse discurso de que pessoas querem interferir é politico. (...) Estamos vivendo momento de muita afirmação das instituições".
Ver todas ›