Dia Mundial do Rim será comemorado pelo Senado

Da Redação | 03/03/2016, 17h15 - ATUALIZADO EM 03/03/2016, 20h24

O Senado fará, na quinta-feira (10), às 11h, uma sessão especial para comemorar o Dia Mundial do Rim. Para o senador Eduardo Amorim (PSC-SE), que foi um dos autores do pedido, comemorar essa data é uma maneira de chamar a atenção para as doenças que afetam o órgão, como a doença renal crônica, que tem aumentado em todo o mundo.

O lema da campanha da Sociedade Brasileira de Nefrologia neste ano é “A prevenção da doença renal começa na Infância”. O objetivo é facilitar a educação e a detecção precoce, além de incentivar um estilo de vida saudável para as crianças e seus pais, a fim de combater o aumento de doenças evitáveis nos rins. De acordo com o órgão, a doença renal crônica em crianças é relativamente rara, porém, quando ocorre, traz consequências devastadoras e o tratamento dessa condição de alta complexidade é difícil, caro e trabalhoso.

Segundo Amorim, cerca de 50 mil brasileiros morrem por ano vitimas de algum tipo de doença renal crônica.
— Muitas delas, com certeza, poderiam ser evitadas. Por isso, se faz necessário que o Senado realize esta sessão especial para que, juntos, possamos encontrar soluções, pois é inadmissível que mais vidas continuem sendo perdidas — disse o senador.

Amorim também apontou outros problemas a serem enfrentados por doentes renais crônicos. Como exemplo, citou a defasagem dos repasses do Sistema Único de Saúde (SUS) para clínicas de hemodiálise, o que resulta na inviabilização da continuidade do atendimento.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)