José Medeiros pede recursos para duplicação da BR-163/364

Da Redação e Da Rádio Senado | 11/02/2016, 16h02 - ATUALIZADO EM 11/02/2016, 21h20

O senador José Medeiros  (PPS-MT) pediu ao governo federal que libere dinheiro para as obras de duplicação da BR- 163/364, que corta o Mato Grosso e é um importante corredor de escoamento da produção local.

Ele lembrou que as obras foram iniciadas no ano passado e que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Denit) ficou responsável pela duplicação do trecho que vai de Rondonópolis a Diamantino. Já a iniciativa privada ficou com o restante da obra e, pelo contrato assinado, poderia cobrar pedágio quando 10%da duplicação sob sua responsabilidade estivessem prontos.

De acordo com José Medeiros, a concessionária já está cobrando pedágio, mas a duplicação da BR 163/364  ainda não está concluída e a parte da obra sob responsabilidade do Dnit está atrasada. Ele ressaltou os prejuízos para a economia do Mato Grosso.

- Porque ali é um trecho em que as BRs-163/364 se fundem. O pedágio está sendo cobrado, a estrada está totalmente esburacada, não está duplicada e a revolta é geral.  Eu peço encarecidamente ao governo a alocação de recursos para o Ministério dos Transportes. Eu eu vejo boa vontade da parte de logística, mas eles não têm dinheiro.

José Medeiros fez ainda um balanço de suas atividades em 2015, destacando que ficou entre os dez melhores senadores de 2015 de acordo com o site Congresso em Foco. Ele também citou projetos que apresentou no ano passado e temas abordados, como a defesa da agropecuária. O senador lembrou ainda viagens que fez representando o Senado, como as realizadas à base da Marinha do Brasil na Antártida e a participação de um seminário sobre educação e primeira infância na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Senador José Medeiros

Senado Agora
13h44 Recurso: o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, liberou para o plenário o recurso interposto pelo Senado na ação em que o determinou o afastamento de Renan Calheiros (PMDB-AL). Decisão pode ocorrer na quarta (7).
12h11 Presidência: o presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, acaba de chegar à Casa. Ele está acompanhado do primeiro vice-presidente, Jorge Viana. Renan informou que dará entrevista na saída de reunião da Comissão Diretora.
Ver todas ›