Cristovam Buarque lamenta situação da educação no Brasil

Da Redação e Da Rádio Senado | 11/02/2016, 17h09 - ATUALIZADO EM 11/02/2016, 18h08

“O Brasil está na lanterna do futuro”,  afirmou o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), ao citar relatório elaborado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sobre a educação no mundo.

Conforme o documento, a avaliação do Brasil continua ruim e as melhorias foram poucas: foi reduzido o número de crianças que tiram apenas nota 1 nas provas e aumentou o número de matrículas devido ao programa Bolsa Família. Mas isso não significa que haja mais frequência à escola, observou Cristovam.

- O Bolsa Escola deu a sua contribuição, mas é pequena se a gente não fizer a escola ficar boa. E a gente tem como fazer isso e não custa o que se pensa. Não se faz por milagre de um dia para o outro, mas se faz num cronograma de algumas décadas. Só que não estamos fazendo. Aumentamos o número de alunos, mas não estamos fazendo esse exercício da escola do Brasil ser das melhores do mundo - afirmou o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Senador Cristovam Buarque

Senado Agora
12h10 Caatinga: a CAE aprovou o PLS 222/2016, que institui a política de desenvolvimento sustentável da Caatinga. Segue para a Comissão de Meio Ambiente.
11h52 Renegociação de dívidas: a CAE aprovou o PRS 22/2017, que reduz as exigências para que Estados, Distrito Federal e Municípios renegociem dívidas ou contratem operações de crédito com garantia da União. Segue para Plenário com urgência.
11h12 Combate à corrupção: a Comissão de Assuntos Econômicos aprovou o PLS 765/2017 que cria um fundo federal para financiar ações de combate à corrupção. O texto do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) vai à CCJ, para decisão terminativa.
Ver todas ›