Para Valdir Raupp, Congresso terá mais desafios em 2016

Da Redação | 02/02/2016, 21h49

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO) afirmou nesta terça-feira (2) que em 2016 as responsabilidades do Congresso Nacional serão aumentadas. Para ele, será um ano difícil porque o país, mais do que nunca, precisa do trabalho dos parlamentares. O senador citou dados econômicos que mostram um cenário ruim para o país.

— Terminamos o ano com uma inflação de 10,67%, a maior desde 2002, e temos uma previsão de queda do PIB de mais de 3% — alertou o senador.

Para ele, diante dos números, o país tem alguns desafios a enfrentar, como a realização das Olimpíadas de 2016 e as eleições municipais. Além da mobilização normal que o pleito vai provocar, estarão em vigor novas regras, como mudanças no tempo da campanha eleitoral e a proibição do financiamento por pessoas jurídicas.

Para o senador, é preciso fazer esforços para retomar o crescimento econômico e, diante da dificuldade do governo de fazer investimentos, é preciso tomar medidas para que a iniciativa privada possa acelerar a economia. Entre essas alternativas, citou concessões de serviços públicos nas quais o governo federal já está trabalhando e simplificar o processo administrativo para economizar tempo.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
22h20 Impeachment: O senador Dalirio Beber (PSDB-SC) é o 44º parlamentar a se dirigir à presidente afastada Dilma Rousseff. Há o total de 48 inscritos.
22h06 Impeachment: O senador Paulo Rocha (PT-PA) inscreveu-se na lista de parlamentares a interrogarem a presidente afastada Dilma Rousseff. São agora 48 senadores.
22h01 Impeachment: Cristovam Buarque (PPS-DF) pergunta a Dilma Rousseff sobre que qualidades de Michel Temer a levaram a escolhê-lo como vice-presidente por duas vezes. Dilma disse que supunha que Temer era do "centro democrático" do PMDB.
Ver todas ›