Novo relatório anual da Presidência do Senado leva mais conteúdo ao cidadão

Da Redação | 02/02/2016, 10h59 - ATUALIZADO EM 04/02/2016, 15h07

Selo_Senado_TransparenteO Relatório da Presidência — Senado Federal e Congresso Nacional, com estatísticas sobre as atividades legislativas, terá pela primeira vez recursos interativos na versão para a internet. A edição 2015, que será lançada nesta quarta-feira (3), permitirá a consulta detalhada de informações sobre as sessões plenárias, participação dos parlamentares, comissões, órgãos e projetos de lei, apresentados também como dados abertos, no formato Excel. O documento poderá ser visto no endereço http://www25.senado.leg.br/web/atividade/relatorio-anual-da-presidencia/2015.

O usuário poderá, por exemplo, consultar o número de pronunciamentos de um determinado senador durante o ano. E se quiser ter acesso ao conteúdo dos discursos, bastará clicar sobre o nome do parlamentar.

As mudanças no relatório também possibilitaram a economia de aproximadamente 80% na quantidade de papel usado na versão impressa. Da média superior a mil páginas nos anos anteriores, o documento passou a ter apenas 179 em 2015.

Apesar da redução no tamanho, houve aumento no conteúdo. O relatório impresso agora oferece QR Codes — imagens com links que, quando visualizadas por um smartphone ou tablet com aplicativo leitor, direcionam o navegador do aparelho para uma página específica na internet. Nesse caso, levam a mais informações disponíveis na versão eletrônica.

Segundo o diretor da Secretaria de Informação Legislativa do Senado (Sinfleg), Fábio Liberal, o novo relatório é resultado de significativos investimentos do Senado em tecnologia da informação.

— Ficamos em um dilema entre revolucionar a forma e ao mesmo tempo manter uma tradição — disse.

O titular da Coordenação de Estatísticas e Relatórios Legislativos (Coer), João Murce, também ressalta que o novo documento passou a incluir textos introdutórios em cada capítulo, com uma apresentação conceitual e didática do assunto.

Tradição

A publicação com o balanço das atividades legislativas vem desde 1830 e é uma exigência regimental. A tarefa é feita atualmente nos meses de janeiro pela equipe da Coer, órgão da Sinfleg.

Os dados são compilados de bancos abastecidos por outros setores da Casa, como a Secretaria de Registro e Redação Parlamentar, que registra os dados das notas taquigráficas.

A versão impressa é editada pela Secretaria de Editoração e Publicações (responsável pela gráfica do Senado) e a versão eletrônica usa sistemas desenvolvidos ou administrados pela Secretaria de Tecnologia da Informação, o Prodasen.

A edição de 2015 está dividida em duas partes — Senado Federal e Congresso Nacional.

O documento poderá ser acessado, a partir da quarta-feira (3), no Portal do Senado, seguindo o caminho Atividade Legislativa/Consolidações e Estatísticas/Relatório Anual da Presidência.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)