Reguffe quer proibir BNDES de financiar projetos no exterior

Da Redação e Da Rádio Senado | 04/05/2015, 18h41 - ATUALIZADO EM 05/05/2015, 13h54

O senador Reguffe (PDT-DF) anunciou a apresentação de projeto que proíbe o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de financiar projetos no exterior. Reguffe citou o presidente da instituição, Luciano Coutinho, ao lembrar que, no período de dois anos, o BNDES financiou projetos em Angola, Venezuela, Bolívia, Cuba, Benin e Gana. O senador criticou os valores elevados dos empréstimos a esses países, e argumentou que há muitos problemas no Brasil que mereceriam mais atenção do governo.

- Eu defendo que o dinheiro público neste país seja aplicado de forma precípua na educação, na saúde e na segurança pública. Agora, se for aplicar em outra área, que seja aplicado aqui, e não lá fora - disse o senador.

Reguffe cobrou critérios mais rigorosos para a aplicação de recursos do BNDES, lembrando que trata-se de dinheiro do contribuinte, e declarou que o Senado deve assumir o dever de investigar as operações do banco de desenvolvimento.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
BNDES Senador Reguffe

Senado Agora
11h38 Satélite: CRE aprova solicitação de informações aos ministros Raul Jungmann (Defesa) e Gilberto Kassab (Comunicações) sobre as razões, conseqüências e conveniência de se privatizar o satélite geoestacionário.
11h33 Satélite: Fernando Collor, presidente da CRE, solicitou ao governo que não decida sobre a possível privatização do satélite geoestacionário enquanto o tema não for discutido na comissão.
11h18 Satélite: CRE aprova realização de audiência pública para debater suposta intenção do governo de privatizar satélite geoestacionário. Foram convidadas autoridades do governo e o comandante da Aeronáutica, Nivaldo Rossatto.
Ver todas ›