Comissão debate com sindicalistas o fim do fator previdenciário

Da Redação | 24/02/2012, 15h06 - ATUALIZADO EM 19/02/2015, 20h35

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) realiza audiência pública nesta segunda-feira (27), a partir das 9h. O objetivo do encontro é debater o fim do fator previdenciário e o reajuste salarial dos aposentados e pensionistas que ganham acima de um salário mínimo. O requerimento da audiência é de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS).

Estão convidados para o debate os presidentes da Força Sindical, deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP); da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Artur Henrique da Silva Santos; da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), Wagner Gomes; e da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah. O coordenador Nacional do Fórum Sindical dos Trabalhadores, José Augusto; o presidente da Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST), José Calixto Ramos; e o 1º vice-presidente da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil, Ubiraci Dantas de Oliveira, também estão entre os convidados.

O presidente da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap), Warley Martins Gonçalles, e o representante da Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas), Atnágoras Lopes, também devem participar. Completam a lista de convidados o secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Emprego, Carlos Eduardo Gabas, e o presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), Álvaro Sólon de França.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:

Senado Agora
12h16 Digitalização: CCJ aprova substitutivo ao PLS 146/2007, que regula a digitalização e arquivamento de documentos em mídia ótica ou eletrônica. A matéria precisa passar por turno suplementar de votação.
11h26 Desburocratização: CCJ abriu reunião com a análise da PEC da Desburocratização (PEC 57/2016). A matéria tem relatório favorável, com emendas, do senador José Maranhão (PMDB-PB).
11h19 CPI do Futebol: O presidente da CPI, Romário, informa que seu voto em separado, que sugere indiciamentos de del Nero, Teixeira e Marin, também seguirá para órgãos de investigação. O relatório aprovado não prevê os indiciamentos.
Ver todas ›