ONU chama atenção para a maior taxa de refugiados registrada desde 1945

19/06/2017, 15h15 - ATUALIZADO EM 19/06/2017, 15h47

O dia 20 de junho é o Dia Internacional do Refugiado e, neste ano, a Organização das Nações Unidas (ONU) chama a atenção do mundo para a maior taxa de deslocamentos forçados registrada desde 1945. Mais de 65 milhões de pessoas foram obrigadas a sair de suas casas por causa de guerras, fome e da violência.

A nova Lei de Migração brasileira garante direitos aos refugiados e os protege contra a discriminação.

A presidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH), Regina Sousa (PT-PI), considera a legislação avançada e espera que ela sirva de exemplo para outros países.

Ouça do áudio da reportagem de Marcela Diniz, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
10h47 Denúncia de Janot: Eunício disse que é preciso ter serenidade e que esse assunto cabe à Câmara e ao Supremo Tribunal Federal. "O Senado não é parte do processo", explicou.
10h45 Reforma Trabalhista: o presidente do Senado, Eunício Oliveira, disse que após a votação na CCJ do projeto da Reforma Trabalhista, "na sequência, será encaminhado ao Plenário em regime de urgência".
Ver todas ›