Senado debate lançamento de satélite geoestacionário brasileiro

10/05/2017, 16h33 - ATUALIZADO EM 10/05/2017, 16h57

O Plenário do Senado discutiu na terça-feira (9) o lançamento do satélite geoestacionário brasileiro. Senadores divergiram sobre os benefícios do projeto. O senador Pedro Chaves (PSC-MS) elogiou o lançamento do satélite. Para ele, “os benefícios sociais, econômicos e militares trazidos pelo satélite são de tal monta que permitirão ao Brasil alcançar um novo patamar em seu processo de afirmação como nação soberana e desenvolvida”.

Já o senador Alvaro Dias (PV-PR) quer uma investigação sobre o alto custo do projeto. Inicialmente o lançamento estava orçado em R$ 720 milhões, mas a conta final para o Tesouro Nacional foi de R$ 2,7 bilhões. Para Alvaro Dias, esse custo afronta a realidade financeira do país. A reportagem é de Ana Beatriz Santos, da Rádio Senado.



Opções: Download