Proposta de Emenda à Constituição visa implantar Parlamentarismo no Brasil

11/02/2016, 15h18 - ATUALIZADO EM 11/02/2016, 18h02

O senador Fernando Collor (PTB-AL) apresentou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC 32/2015) para que seja implantado o Parlamentarismo no Brasil. Nesse sistema político o Poder Executivo é exercido pelo presidente da República, mas é o Conselho de Ministros que responde pela política de governo e pela administração federal. O presidente desse conselho, que deve ter no mínimo 35 anos de idade, será chamado de Primeiro Ministro, e é escolhido pela Presidência da República para ter seu nome submetido à maioria absoluta da Câmara dos Deputados. O grande diferencial desse modelo é que o Primeiro Ministro poderá cair se forem aprovadas três moções de desconfiança sobre sua administração, também na Câmara dos Deputados. Acompanhe detalhes da proposta com o jornalista Toncá Burity, no áudio da Rádio Senado, no quadro Projeto em Destaque.



Opções: Download


Senado Agora
10h11 Impeachment: O advogado da defesa José Eduardo Cardozo pediu a mudança de status da testemunha Ricardo Lodi para depor como informante. Segundo explicou, ele atuou como assistente da perícia.
10h07 Impeachment: José Eduardo Cardozo informou que dispensará a testemunha Esther Dweck, ex-secretária de Orçamento, para não expô-la a constrangimentos, uma vez que senadores que apoiam o impeachment anunciaram que pedirão a sua suspeição.
09h58 Impeachment: Gleisi Hoffmann disse que o auditor teria confessado que ajudou o procurador do MP junto ao TCU Júlio Marcelo a redigir a representação pela rejeição das contas de Dilma Rousseff.
Ver todas ›