Lasier Martins propõe fim do sigilo bancário nas operações do BNDES

04/02/2016, 10h24 - ATUALIZADO EM 27/09/2016, 10h15

As operações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) poderão perder a proteção pelo sigilo bancário. É o que estabelece um dos primeiros projetos apresentados no Senado em 2016. Segundo o autor da proposta (PLS 7/2016 - Complementar), senador Lasier Martins (PDT-RS), apenas 52% dos recursos do BNDES têm sido aplicados no Brasil. O restante financia obras no exterior em países como Bolívia, Venezuela, Peru, Angola e Moçambique.

Para o senador, o governo tem blindado o acesso aos dados sobre os financiamentos feitos pelo banco. Lasier defende a transparência nos empréstimos do BNDES.  O senador conversou sobre o assunto com o jornalista Adriano Faria, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
13h44 Recurso: o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, liberou para o plenário o recurso interposto pelo Senado na ação em que o determinou o afastamento de Renan Calheiros (PMDB-AL). Decisão pode ocorrer na quarta (7).
12h11 Presidência: o presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, acaba de chegar à Casa. Ele está acompanhado do primeiro vice-presidente, Jorge Viana. Renan informou que dará entrevista na saída de reunião da Comissão Diretora.
Ver todas ›