Brasil plural: para falar de intolerância


Release

Escola de jovem senadora 2016 pelo Distrito Federal realiza projetos de redação para incentivar produção de textos

Os alunos do terceiro ano do ensino médio no Colégio Dom Pedro II, no Distrito Federal, estão participando, neste bimestre, do projeto alunos consultores 2017. A inciativa inédita consiste na elaboração de textos para a disciplina de Redação, numa simulação de concorrência entre empresas pelo contrato de consultoria com a Presidência da República.

No projeto, o presidente da República enfrenta um problema e precisa contratar uma consultoria para ajudar a resolvê-lo. Divididas em equipes de cinco alunos e com três coordenadores eleitos entre eles, as turmas se transformam em empresas que disputam pela vaga de consultora do presidente. São seis equipes por turma, sempre com um eixo temático: economia, educação, saúde pública, cultura, meio ambiente, e ciência, tecnologia, inovações e comunicações.

Na primeira fase, de preparação sobre os assuntos a serem tratados, os alunos devem elaborar redações dissertativas-argumentativas e, na segunda, eles escrevem um parecer técnico com a proposta de solução para o problema apresentado.

De acordo com o professor Milton Tavares de Castro Júnior, orientador da jovem senadora 2016, Isabelle da Silva dos Santos, e autor do projeto, os textos são individuais e avaliados para a menção bimestral, mas a média das notas da turma é usada como a nota da empresa na concorrência. A turma com a maior média é a vencedora do concurso fictício.

Para o professor, esse exercício estimula a cooperação entre os estudantes.

-  É uma forma de aprendizagem pela interação. Os alunos vão se ajudar, já que a pontuação de um influenciará na média de todos. – defende Milton.

O projeto prevê ainda o confronto das ideias em auditório, como parte do ensino de retórica, mas essa fase deve ficar para o terceiro bimestre.

Jovem Senador

Vencedor das edições 2015 e 2016 do Jovem Senador no Distrito Federal, o Colégio Militar Dom Pedro II já começou o planejamento para a seleção das redações. De acordo com o professor Rogério da Silva Pacheco, que coordena a área na escola, o tema será apresentado em sala de aula em junho e as atividades serão realizadas com alunos voluntários no turno contrário. Os alunos deverão se preparar durante o mês de junho, debatendo e estudando sobre o tema deste ano “Brasil plural: para falar de intolerância”, e escrever a redação na volta do recesso escolar, no fim de julho.

 

Serviço:

IMPRIMIR | E-MAIL Compartilhar: Facebook | Twitter | Google+ | Pinterest

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11