Out
03
17h55
Nota à Imprensa

Senado esclarece instalação do painel "Alumbramento", de Marianne Peretti

A propósito da notícia “Obra ‘Alumbramento’ volta para o Senado”, publicada nesta segunda-feira, 3 de outubro, pelo jornal O Estado de São Paulo, o Senado Federal tem a esclarecer que:

Ao contrário do que afirma a notícia, a iniciativa de restaurar e expor novamente a obra “Alumbramento”, de autoria da artista Marianne Peretti, foi do Senado Federal que em 2010 iniciou negociações com a própria arista para o trabalho de recuperação do painel.

O envolvimento da empresa B52 Desenvolvimento Cultural, em 2016, citada na notícia, se deu por meio de Termo de Cessão de Uso assinado entre o Senado Federal e a produtora, com anuência da própria Marianne Peretti, com o objetivo de agilizar o trabalho de recuperação da obra para que pudesse participar da exposição "A arte Monumental de Marianne Peretti", no Museu da República, em Brasília, cuja abertura se deu no dia 06 de abril de 2016.

O painel “Alumbramento” foi desmontado no início dos anos 90 em função da necessidade de uso do espaço físico em que estava instalado. Desde então, foi mantido no depósito do Senado Federal e, por se tratar de obra com mais de 30 anos, é natural a necessite de manutenção e recuperação.

Em relação ao novo local de instalação do painel, o Salão Branco, é preciso esclarecer que o espaço está entre os mais nobres de todo o Palácio do Congresso Nacional por tratar-se da principal entrada para a maioria dos deputados, senadores e muitos visitantes. O espaço proposto para a instalação atual do painel “Alumbramento” é muito mais expressivo em número de visitantes do que o antigo local, situado no 2º andar do Anexo B. Anualmente milhares de pessoas terão acesso à obra, no Salão Branco, e poderão admirar o trabalho da artista que foi consultada sobre a escolha do novo local e se disse plenamente de acordo com a decisão.

Assessoria de Imprensa do Senado Federal